Comida Japonesa na Dieta, pode?

Quem nunca apostou no rodízio japonês acreditando que seria uma opção mais leve? 🍱🍲🍤🍥🍣

Sim, existem opções saudáveis no cardápio, como o sashimi de atum e salmao, que são os aliados do menu, contendo omega 3, ricos em proteína e vitamina D e possuem pouquíssimas calorias.

O truque fit para aproveitar o melhor da culinária oriental é:

 dar preferência para preparações sem arroz; dessa forma a ingestão da alga marinha, rica em antioxidantes e vitaminas como K, ferro e cálcio pode ser potencializada em preparações como o temaki.

 evitar a versões crocantes – se levar crunchy, hot ou skin no nome, recuse. Como são fritos, esses rolinhos contém calorias extras.

 O gengibre em conserva, conhecido como gari, acelera o metabolismo e contém boa fonte de potássio, magnésio, cobre e manganês.

 COM MODERAÇÃO PODE TUDO! 
Restringir um hábito e um lazer, pode promover a compulsão alimentar. Moderação e boas escolhas acima de tudo.

Boa segunda feira! 🔝💕

Write a comment